terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

O beijo da palavrinha

No âmbito da Educação Literária, na BE foi lida e explorada, com os alunos do 4º ano, a obra: O  beijo da palavrinha de Mia Couto.
Como proposta de trabalho foi solicitado aos alunos um outro final para esta história, imaginando que a ideia de Zeca Zonzo levasse a que Maria Poeirinha melhorasse de saúde.


 A esperança
Esta é a história de um menino que com a sua grande amizade e carinho pela irmã, conseguiu que a sua doença não acabasse com a esperança de viver.
Maria Poeirinha, irmã do Zeca Zonzo, sofria de uma doença que fazia com que ela ficasse muito fraca,  débil e sem vontade de nada e tudo isto por não conhecer o mar.
Ela sonhava todos os dias em conhecer aquele sítio que seria a sua única esperança.
Um dia, o seu irmão conseguiu levá-la à praia. Ela ficou curada. Era uma criança normal, corria, brincava, falava e tinha um brilho nos olhos que mostrava a felicidade que ela sentia. Juntos viveram a vida de uma forma diferente e desde então foram muito felizes.


Rúben Mesquita 4º ano EB de Friestas
O mar
Quando o irmão de Maria Poeirinha lhe fez sentir o mar, a menina ficou melhor e a vontade de ela conhecer o mar aumentou.Quando o tio Jaime voltou para visitar a família ficou admirado com as melhoras de Maria Poeirinha.
Decidiram então que tinha chegado a hora de toda a família conhecer o grande mar azul.Partiram de comboio todos juntos. Toda a família estava admirada. Quando chegaram à praia ficaram em silêncio sentindo a brisa do mar. A Maria olhava as gaivotas, sentia-se muito bem e chorou de alegria junto ao mar.
 Carina Vieira , turma H, EB de Valença

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sugestões de leitura dos alunos

Os alunos do 4.º ano das escolas com biblioteca escolar escolheram obras para leitura durante a pausa letiva do Natal. Em sessões na biblio...