quinta-feira, 31 de outubro de 2019

A Vaca Que Subiu A Uma Árvore

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para Educação Pré-Escolar.



A Tina não é como as outras vacas. Adora explorar e descobrir coisas novas e sonhar. Será que ela consegue provar às irmãs que há mais na vida do que ruminar relva? Profundo e divertido, o livro perfeito para quem gosta de experimentar coisas novas.


Foi esta a história escolhida para darmos inicio a mais uma atividade em colaboração com a família.
 Depois de ouvirem a história na BE de Valença, os alunos do pré-escolar, irão levar para casa um rolo de tecido, em que cada família irá dar continuidade à história, segundo o que lhes é proposto na carta que enviamos:



Queridos pais, irmãos, avós...
Esta a é a história da Tina, mas como ela própria indica, a Tina, vai ainda viver muitas aventuras.
Esta foi uma  atividade que teve inicio na biblioteca escolar e à qual demos o nome de HISTÓRIA ENROLADA, vimos pedir que nos ajude a descobrir as novas aventuras da Tina.
Imaginem, com o seu educando, uma pequena aventura da nossa personagem, ou continuem o que vem anteriormente, escrevam no rolo de pano, que junto enviamos. Façam uma pequena ilustração da mesma, usando o que considerarem melhor.

Esta História Enrolada, só terá um final quando passar por todos os alunos da sala.

Lembrem-se: Imaginar e sonhar faz bem à alma:

Obrigada!







terça-feira, 22 de outubro de 2019

Pedro Seromenho


Resultado de imagem para obras de pedro seromenho

As Escolas Básicas de Passos e Friestas, contaram com a presença do escritor e ilustrador Pedro Seromenho que apresentou as suas mais recentes obras: Porque é que os animais não conduzem? A cidade que queria viver no campo e O meu avô consegue voar!

Pedro Seromenho vive atualmente em Braga, criou a editora Paleta das Letras e é autor de várias obras infantis.
Nas suas apresentações falou da paixão por ilustrar histórias mágicas e sonhos, encantou e contagiou os alunos com as suas palavras, surpreendeu e maravilhou com as suas ilustrações.
Os alunos viveram momentos encantadores, viajaram com as suas histórias e no final adquiriram as obras do autor numa sessão de autógrafos.
Ficamos muito gratos pela vinda do Pedro Seromenho às nossas escolas e pelos momentos mágicos que todos partilhamos.


Wook.pt - A Cidade Que Queria Viver no Campo

















segunda-feira, 21 de outubro de 2019

O elefante cor-de-rosa

Resultado de imagem para livro capa o elefante corde rosaNo âmbito da Educação Literária, com a turma do 2.º ano da EB de Friestas, foi lida e explorada a obra: “O elefante cor de rosa” de Luísa Dacosta.
Foi solicitado aos alunos, que em contexto familiar, ilustrassem o elefante e que elaborassem um pequeno texto imaginando o elefante a vir ter com eles. Como o receberiam e que programas fariam com ele?

Aqui podemos visualizar os textos e as ilustrações dos alunos.


Se o elefante cor-de-rosa da história viesse ter comigo, eu ficaria muito feliz. Levava-o ao rio para beber água e para tomar banho. Levava-o ao médico para vigiar a sua saúde. Brincava com ele no jardim porque ele gosta de flores. Dava-lhe a mão e passeávamos juntos pelo parque. Eu acho que ele ia ficar feliz e ia querer ficar comigo para sempre. Iríamos ser grandes amigos.
Antónia


Primeiro eu brincava com o elefante cor-de-rosa e depois dava-lhe um abraço.
Eu convidava o elefante para um piquenique.
Eu ia com ele à praia dar um passeio pela areia, brincava na água e construía castelos.
Depois da diversão e o dia já ter terminado aproveitávamos para brincar na banheira para depois ir dormir.
Jonathan

Se o elefante aparecesse à minha frente, eu perguntava se precisava de ajuda. Construía uma cerca, dava-lhe água e depois brincávamos à apanhada, mais tarde dávamos um passeio antes de ir dormir.
Margarida


Se o elefante cor-de-rosa viesse ter comigo, eu faria uma casota com um tapete para ele dormir e para descansar. Ia com ele para o parque e brincávamos.
Dava-lhe água e comida. Eu iria gostar sempre do elefante cor-de-rosa.
Manuel José


O elefante cor de rosa veio ter comigo a minha casa. Ele perguntou-me se eu podia ficar com ele e eu disse que sim. Então subi para cima dele e fomos dar um passeio pela freguesia de Friestas. Quando chegamos a casa comemos um bom lanche. O elefante ficou tão satisfeito que dormiu uma grande soneca.
Valentim



Um dia, eu recebi em minha casa um elefante muito bonito, cor-de-rosa.
Eu arranjei uma casota de palha para ele.
Eu levei o elefante ao parque.
O elefante é meu amigo.
O elefante tem uma tromba grande.

Letícia


Se o elefante cor-de-rosa viesse ter comigo eu iria recebê-lo em grande festa.
A primeira coisa a fazer com ele, era mostrar-lhe a minha casa. Ali podíamos brincar às escondidas e ir à piscina. Depois de lhe mostrar a minha querida família, montava nas suas costas, e a voar íamos conhecer o meu país. Durante essa viagem pedia-lhe para me mostrar a sua lua.


Ema Fernandes


Eu estava em casa e veio o elefante cor-de-rosa ter comigo, eu abri a porta e convidei-o para entrar.
Eu mostrei o meu quarto ao elefante e ele gostou muito, de seguida fomos ao parque e brincamos até à noite. Foi um dia muito feliz!

Constança



Se tivesse o elefante cor-de-rosa comigo seria o meu melhor amigo.
Ia com ele para o rio para ele poder brincar na água. Iria levá-lo a passear e mostrar-lhe o mundo. Adoraria andar pelo ar com o elefante cor-de-rosa, seria uma experiência inesquecível e única. Mas principalmente iria mostrar o meu novo melhor amigo aos meus colegas.
Miguel


Semana da Alimentação


Decorreu na EB de Valença a celebração da Semana da Alimentação, para culminar desta semana, na cantina escolar todos os alunos tiveram a oportunidade de degustar um delicioso e saudável  lanche. Este foi constituído por iogurte natural fruta,(maçãs, pêras e bananas), que trouxeram de casa e cereais, tudo condimentado com mel.
Cada aluno escolheu o que desejava para o seu "cocktail".
Podemos dizer que foi um sucesso, comeram e repetiram muito para além das expectativas.











quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Palmira Martins

Mais uma vez contamos com a presença da escritora Palmira Martins na BE da EB de Valença.
Este ano veio apresentar a sua ultima obra O Esquilo Casimiro.
Realizou três sessões que deram oportunidade a todos os alunos desta escola de assistirem à sua apresentação. Para além deste livro leu ainda histórias soltas de outras obras que também lhe pertencem.
Com ela veio o seu marido, o Srº Batista, que torna estes momentos ainda mais agradáveis, pois com as história chegam também as canções que fazem as delicias das crianças.





















A maior flor do mundo

Num trabalho de articulação entre a Biblioteca Escolar e a sala de aula, com os alunos do 4.º ano, foi lida e explorada a obra:  A maior fl...