quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Mensagens de Natal


Algumas das mensagens mais significativas, escritas pelos alunos, nos postais de Natal:

Melhor do que todos os presentes é a presença de uma família feliz.

Natal à Portuguesa é em família concerteza!

O Natal é amor
É paz
É tempo sonhado.
Mas qual será a cor
deste tempo tão amado?


Onde há amizade há harmonia
Onde há harmonia há paz
Onde há paz há amor
Feliz Natal!


Pinheiro de Natal
Com presentes de encantar
Para que todos os meus amigos
Possam brincar.


Com um lápis desenhei
a felicidade a bondade
O amor e a lealdade.
Com a borracha apaguei
O ódio, a guerra,
a mentira e o sofrimento.


O Natal é tempo de paz e amor.
A minha escola é um lugar de felicidade e harmonia
Que marcou a minha vida e que vai deixar saudades.


Com uma moeda comprei
Alimentos para quem tinha fome
roupa para quem tinha frio
E um lar para quem não tinha abrigo.


Com a felicidade do meu sonho
Desenhei o desejado
Apaguei o errado
E fiz sorrir.

Um santo e Feliz Natal.










Exposição de Postais de Natal




Nas escolas básicas de Valença, Friestas e Ganfei e ainda nos Jardins de Infância de Arão e Ganfei estão a decorrer exposições de Postais de Natal com mensagens escritas, elaboradas pelas crianças do Pré - escolar e alunos do 1º ciclo,  em colaboração com as famílias.
As exposições, que decorrem nos espaços escolares, resultam de uma proposta da Biblioteca Escolar em parceria com as atividades de Natal previstas no Plano Anual de Atividades.
A elaboração dos Postais de Natal visa manter a tradição do cartão de Boas Festas do Natal e sensibilizar para o espírito natalício na Comunidade Escolar.
As exposições contam com um elevado número de postais, mostram grande diversidade e colorido com lindos e criativos postais, elaborados com todo o interesse e empenho. Podem ser lidas belas mensagens com sentido de partilha de sentimentos e valores.

Agradecemos a todos os que participaram com os seus trabalhos.







Exposição de Postais de Natal na Escola Básica de Valença






Exposição de Postais de Natal na Escola Básica de Friestas

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O Pinheiro aventureiro

No texto que se segue falta a conclusão. Depois de ouvirem a história, os alunos elaboraram as repetivas conclusões.

Era uma vez um pinheiro especial, que cansado de estar sempre no mesmo lugar, decide libertar-se e correr mundo com a ajuda de uma andorinha.
Os dois voaram, voaram e o pinheiro cheio de fome, alimentou-se com a água do rio, encontraram um peixe, uma criança, um comboio, sobrevoaram uma cidade, um campo de futebol, viram um repuxo, viram manifestantes descontentes, passaram por uma vila onde havia uma feira e viram um campo com vacas pachorrentas a pastar.
Os dois seguiram viagem, ajudados pela aragem e pararam para descansar.
No dia seguinte, voaram sobre uma praia, viram pessoas "tostadas" por apanharem demasiado sol.
Com os conselhos da andorinha, o pinheiro fez uma boa ação; ajudou alguém que estava a afogar-se. Depois de tanta emoção resolveram descansar um pouco.
 Quando acordaram viram, sobre as flores do jardim, abelhas a colher o pólen para fazerem o mel.
E continuaram a voar, com o pinheiro sempre a querer saber, sempre a perguntar...
Pousaram num telhado com água furtada, adormeceram e o pinheiro até teve pesadelos, sonhando que estava de novo preso ao chão.
No outro dia, sobrevoaram um riacho e pararam para o pinheiro se alimentar. Ele viu coisas que nunca pensou ver, mas estava a ficar cansado de tanta agitação....

A aluna Sara Gomes da turma F do 3º ano  elaborou a seguinte conclusão.

O pinheiro já estava cansado de voar muito e decidiu parar, aterrou num parque da escola.
No dia seguinte estava rodeado de meninos. A professora disse que ainda tinha as raízes boas e que se podia plantar no recreio da escola.
A andorinha tinha encontrado lugar à beira do pinheiro, quando os filhotes da andorinha nasceram, poderam voar e brincar com o pinheirinho.
Veio o Natal, os meninos da escola enfeitaram-no com fitas, bolas e uma estrela muito gira.
O pinheiro ficou muito mas muito feliz com tudo aquilo que aconteceu no dia de Natal.
 
O aluno André Mateus da turma G do 3º ano elaborou outra conclusão.

Então adormeceu e caiu num pequeno espaço chamado recreio. Quando tocou, todos viram o pinheiro e gritaram:
 -É nosso!!! -É nosso!!! Depois de tanto gritarem, apareceu a professora e disse:
-As raízes ainda não secaram, vamos plantá-lo aqui.
No dia seguinte, o pinheiro ouviu um barulho: piu... piu ... piu... e viu que a sua amiga andorinha fez o ninho no grande telhado, os seus filhotes foram visitá-lo e nos grandes ramos brincaram. 

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A prenda de Natal do Henrique Sempreespera

Na sequência das histórias de Natal, exploradas na biblioteca escolar, os alunos desenvolveram escritas criativas.

Imagina, descreve e ilustra o presente que o Pai Natal deixou na meia para o Henrique Semprespera. Como reagiu o menino? O que fez com a prenda? Para que serviu?...

Na manhã de Natal, o Henrique foi ver se na sua meia estava o presente que tinha pedido ao Pai Natal.
Quando viu a prenda ficou muito contente.
Tinha recebido uma cesta com comida. Esta comida era para partilhar com toda a sua família na noite de Natal. Era bacalhau e polvo.
Quando chamou a sua família para se sentarem à mesa, todos ficaram surpreendidos e choraram de alegria.
Para o Henrique, foi o melhor Natal de todos.

Adriana Fernandes, 2ºAno - Turma C

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Promoção da leitura


A Biblioteca Escolar promoveu momentos de leitura alusivos ao Natal.
As sessões de leitura são dirigidas às turmas do Pré - escolar e 1º ciclo das escolas básicas de Valença e Friestas. Para as restantes escolas foram enviadas via email  algumas das histórias  a seguir referidas bem como outras selecionadas.

Os alunos visualizaram os contos, ouviram com interesse, participaram ativamente com as suas opiniões, recontaram as histórias, fizeram testes de memória e por vezes procederam a dramatizações.
Em contexto de sala de aula, os alunos elaboraram produções textuais, conclusões de algumas histórias e os mais  pequenos realizaram bonitas ilustracões.
As obras apresentadas, lidas e exploradas foram:

Uma prenda de Natal de M. Christina Butler

Uma Prenda de Natal

A  prenda de Natal de Henrique Semprespera de John Burningham


A Prenda de Natal do Henrique Semprespera
O pinheiro aventureiro de Renata Gil
O Pinheiro Aventureiro

 Uma estrela de Manuel Alegre
Uma Estrela

A noite de Natal de Sophia de Mello Breyner
A Noite de Natal

Sonho de neve

Na biblioteca da EB de Friestas, com a sala do Pré-escolar, foi lida e explorada a obra: Sonho de neve de Eric Carle, Edição Kalandraka. ...