segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Escrita criativa


Os alunos do 2º ano, turma D, leram e exploraram em sala de aula o texto: Oriana existente no manual de Português. Na sequência desta tarefa foi solicitado aos alunos uma escrita criativa: Se eu fosse uma fada...
Podemos, então ler um dos textos selecionados.

Se eu fosse uma fada
Um dia, acordei numa terra desconhecida, onde tudo falava, os animais, as plantas, e até a água. Era uma terra maravilhosa.
Eu estava por lá a passear, quando olhei para uma lagoa e vi refletido um ser com umas asas espantosas e uma coroa cintilante.
Eu estava pasmada a olhar para esse ser, quando ouvi:
- Não fiques a olhar para mim! - dizia a água chateada.
- Eu, uma fada a sério!
-Que fixe, eu sou mesmo uma fada!
Mas enquanto eu dizia isso, ouvi novamente uma voz:
-Adriana, Adriana acorda!
- Oh, afinal tudo não passou de um sonho, mas se um dia eu fosse uma fada…

 Adriana Freitas   2º ano, turma D

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Uma flor chamada Maria


Nas atividades promovidas pela biblioteca escolar, no âmbito da Educação Literária, foi solicitado aos alunos do 2ºano que desenhassem numa folha o que lhes sugeria o título da obra de Alves Redol Uma flor chamada Maria. De acordo com a imaginação de cada um, assim apresentaram as suas ilustrações.
No final, ouviram algumas das poesias da obra.




 




terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Comemoração do Dia de Reis na EB de Valença

No dia 6 de Janeiro a EB de Valença comemorou o Dia de Reis. Devido ao mau tempo a comunidade escolar juntou-se no polivalente para cantar os Reis. Cada turma teve a oportunidade  de apresentar as suas canções, criando-se assim, um bom momento de alegria e convívio.









Na biblioteca escolar foram exploradas duas histórias: “ Uma estrelinha muito brilhante”, que foi lida aos meninos do Pré-escolar e “Babuska” que foi contada aos alunos do 3º ano, turma F e posteriormente explorada em contexto de sala de aula, elaborando assim o reconto da história.

Babuska

Era uma vez uma velhinha que se chamava Babuska. A Babuska gostava muito de limpar.
Quando foi descansar viu uma mancha no vidro a começou a limpá-la. Quando olhou para fora viu muitos anjos a voarem.
Tocaram à campainha e ela foi ver quem era. Eram os Reis Magos. Eles perguntaram à Babuska se queria ir ver o menino Jesus que tinha acabado de nascer.
A Babuska disse:-Sim quero! Eu vou levar um xaile quentinho, um palhaço de brincar e um licor de gengibre para os mais crescidos. Então puseram-se a caminho. No caminho apareceu uma menina muito triste com a mãe. A Babuska perguntou à mãe o que tinha a menina e ela disse:
- Perdeu a boneca! Deve ter caído pelo caminho.
  A Babuska pegou no seu palhaço e deu-o à menina.
Depois encontrou uma velhinha que se queixava muito, caminhando com dificuldade. A Babuska perguntou à velhinha o que tinha e ela disse:
- Gostava muito de ir visitar o menino Jesus mas não posso ir depressa porque me dói as pernas.
A Babuska deu-lhe o licor de gengibre.
Logo a seguir encontrou um pastor que levava um cordeirinho. O pastor estava cheio de frio e disse:
- Tenho muito frio nos braços, quase não consigo pegar no cordeirinho.
A Babuska deu-lhe o xaile quentinho.
Ela continuou o seu caminho. O cesto estava muito leve. Babuska olhou para o cesto e já não tinha nada. Ela, muito triste, voltou para trás. Babuska ouviu a voz de Maria a dizer para entrar. Babuska quando entrou viu o menino Jesus enrolado no xaile, com o palhaço ao lado e o José a beber o licor. Babuska pediu a Maria se podia pegar no menino ao colo e Maria disse:
- Podes!
E os anjos cantaram “paz”.

Pedro Lindo   

3º ano, turma F


sábado, 11 de janeiro de 2014

As Janeiras


No dia 10 de janeiro, a comunidade educativa da EB de Friestas saiu da escola e percorreu alguns lugares da aldeia para cantar as janeiras  junto dos familiares dos alunos. Se o tempo o permitir, nos próximos dias, os cânticos das janeiras irão continuar por outros locais.
A escola agradece a simpatia e o contributo de todos e deseja um bom ano a todas as famílias.

Canção
Refrão
As janeiras, as janeiras
nós vimos cantar
um bom ano, um bom ano         
vimos desejar    

Vimos a cantar
a quem nos quer dar
coisas na sacola
para a nossa escola

Paz e alegria
saúde e amor
nós vos desejamos
com muito fervor
Vimos agradecer
e adeus dizer
voltaremos para o ano
com muito prazer
 

Sonho de neve

Na biblioteca da EB de Friestas, com a sala do Pré-escolar, foi lida e explorada a obra: Sonho de neve de Eric Carle, Edição Kalandraka. ...