quarta-feira, 9 de março de 2016

Pequenos escritores

Resultado de imagem para eurodisney parisA minha aventura de carnaval

A manhã estava fria, apesar do sol que brilhava no meio do céu. Os meninos da minha escola preparavam-se com os seus lindos fatos de carnaval, para desfilarem na nossa pequena cidade de Valença. Quando terminou a desfile regressamos à escola de autocarro e foi uma alegria. Fui a pé para a loja da minha avó materna, almocei na minha linda casa, com a minha avó e esperei pela minha mãe e pela minha irmã. No final da tarde, fomos buscar o meu pai ao trabalho e seguimos viagem até ao aeroporto, que se situa na cidade dos tripeiros. Para apanharmos o avião tivemos de passar numas máquinas de segurança e tirar tudo o que era de metal e líquidos. Tivemos de correr na pista, pois quase perdíamos o voo.
Já em França, no aeroporto gigante de Orly, andamos de autocarro até ao terminal. Esperamos pelas malas e seguimos as indicações “sortir”, que é saída em francês. Estava um senhor à nossa espera, que nos levou até ao hotel na Euro Disney. O hotel era lindo, imitava um navio.
No dia seguinte acordamos muito cedo e fomos tomar o pequeno almoço. Seguimos de autocarro para a vila de Disney e entramos no parque Disney Land. Havia muita gente e sentia-se magia no ar. O meu coração batia com muita força e os meus olhos rodavam para todo o lado, pois havia tantas coisas encantadoras, como um magnífico castelo de princesas, uma gigante montanha russa, muitos jardins decorados com figuras da Disney e muito mais.
Ao longo de todo o dia fomos experimentando muitas atrações, almoçamos numa taberna de piratas, estava escuro e a comida não prestava. Durante a tarde continuamos a visita, a parte que menos gostei foram as esperas nas longas filas. Pelas cinco e meia vimos a parada, com fantásticos carros decorados com temas de filmes de Disney. Terminamos o dia a ver um belo espetáculo multimédia e de fogo de artifício que parecia um sonho.
No terceiro dia a nossa aventura continuou pelo parque da Walt Disney, com muitas atividades mais radicais e outras onde aprendi como se fazem os filmes.
Na segunda feira de manhã ainda fomos aos Piratas das Caraíbas e ao Pinóquio. Como lembrança eu escolhi o Timo e a minha irmã comprou uma caixa de música. Gostei muito de jantar na casa do Mickey e receber abraços do Pateta, Mickey, Minnie, Pluto e do Riscas. Infelizmente chegou a hora de me despedir daquele local mágico, mas com vontade de um dia regressar.
A nossa aventura só terminou com uma visita rápida à Torre Eiffel. Visitamo-la por dentro e esperamos que anoitecesse para ver a bonita cidade de Paris iluminada. Por tudo isto, foram as melhores férias de carnaval de sempre, e guardarei nas minhas memórias para nunca me esquecer que a magia existe.

Martin Serra - E B de Friestas 3.º ano

Umas férias em França

Resultado de imagem para imagens de versalhesAs emoções começaram quando entrei no avião. Passadas duas horas avistamos França.
No dia seguinte visitamos familiares e combinamos visitar a linda cidade de Paris. Aí fomos ao grandioso Arc du Triumph onde vimos a sepultura de um soldado morto pela própria pátria, França. Visitamos também a famosa Torre Eiffel e subi ao segundo piso onde avistei umas paisagens imensas e maravilhosas de toda a cidade. No enorme palácio de Versailles, aprendi como antigamente viviam os reis. Todas as dependências eram enormes e tinham pinturas e decorações espetaculares.
Passada uma noite confortável na casa da minha simpática tia Ester, chegou o dia de diversão na Disney Land, Paris. Divertimo-nos no mágico carrocel do Ratatui,no rapidíssimo Space Moitan, que é uma montanha russa, no horroroso hotel de terror, onde fiz caída livre num elevador de quarta dimensão e uma aventura na cozinha em três. Fiquei encantada na bonita e engraçada casa do Pinóquio, na arrumada casa do Michey e em muitos carroceis. Assim passei umas férias geniais!

Érica Fernandes - E B de Friestas 3.º ano

Friestas,16 de fevereiro de 2016

                Olá Deus Poseidón!

Resultado de imagem para poseidon      Estou a escrever-te esta carta e espero que gostes. Eu admiro quase tudo no teu corpo, as tatuagens dos animais aquáticos, a tua pele que parece escamas como a dos peixes e a tua barbatana que é bonita como a das sereias. Tu, Poseidón tens uns músculos bem grandes e os teus braços são fortes. Com tanta magia que tens podes inventar um outro animal, para a natureza ter cada vez mais animais. Podes fazer o Sol mais fraco com a imensidão de água que existe à tua volta.
     Vês sempre os teus animais a reproduzirem-se e a brincarem e até podes falar a língua deles.
     Conquistaste uma mulher encantadora mesmo ao teu jeito para casares.
     Gostava que fosses real mas és um Deus do mar e todos os teus animais são bonitos e alguns misteriosos. A Atena derrotou-te numa competição, mas continuas ainda a seres o meu herói preferido.
                   Até breve Poseidón
  Diogo Lobato - E B de Friestas 3.º ano
 
Friestas, 16 de fevereiro de 2016

            Olá querida amiga Pocaontas!

     Queria muito que lesses esta minha carta de amizade, nos teus lindos passeios  porque sei que tu adoras a aventura e a natureza.
      Eu gostaria muito de estar contigo, tu és tão bela e radiante, os teus lindos e grandes cabelos esvoaçam na bela brisa. Não há princesa mais bonita do que tu, não o  posso negar, nem por um segundo.
      Tu estás na bela floresta a brincar com os teus amigos animais de estimação.
      Eu não gostava nada de finais felizes e tristes mas agora já gosto.
      Tu fizeste-me sonhar e acreditar que a magia do amor existe, pois não deixaste que o teu pai te estragasse a vida.
      Tu podes não ser real, mas na minha imaginação és a primeira luz que vejo.

      Adeus Pocaontas, nunca te irei esquecer!

Matilde Oliveira - E B de Friestas 3.º ano
 
A minha casa

Resultado de imagem para casa com jardim
      A minha casa situa-se na freguesia de Friestas e na rua da Cecília.                                   
      A paisagem que a rodeia é muito bonita e colorida. Vê-se o monte do Faro lá no alto, a igreja     de Friestas, a torre de Lapela, uma parte do rio Minho junto à torre de Lapela e as antigas pedreiras de Friestas.      
    A minha casa é rés do chão, branca e vermelha. O telhado tem telhas laranjas brilhantes mas na parte do corredor não, tem cobertura plana. As janelas são de alumínio e de vidro transparente. No interior tem três quartos, uma sala, um salão no piso de baixo, uma despensa, uma cozinha e três casas de banho.
      O meu quarto, a cozinha e o salão são verdes, um quarto é branco, o quarto dos meus pais é roxo e a sala também e as casas de banho são de azulejos cinzentos.
      Atrás da casa tem um quintal que tem oliveiras, uma figueira e outras plantas. Mais à frente tem um jardim que também tem oliveiras, estrelícias, azevinhos e rosas de várias cores.
                                                                                                                                                                                                                                                                             Leonor Saraiva - E B de Friestas 3.º ano

Onde eu vivo

Resultado de imagem para lugar de sanfins em valença      A paisagem que rodeia a minha casa é muito bonita e vejo nascer o sol por trás das montanhas. É um local sossegado e consigo ouvir os pássaros a cantar e vejo-os voar ao ar livre.
      A minha casa fica situada no lugar de Melim em Sanfins juntos à estrada. O telhado é inclinado para escorrer a água e não entrar o frio e as telhas são vermelhas. A casa é branca e as janelas estão viradas para o nascente. Os vidros são transparentes e assim pode-se observar o sol a nascer. Tem uma sala, uma cozinha, casa de banho e um quarto e as divisões estão pintadas de branco.
      Eu gostava imenso de ter uma casa maior, onde tivesse um quarto só para mim.

Letícia Morgado - E B de Friestas, 3.º ano

                                                     

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Família Vem à Escola.

A Biblioteca Escolar da EB de Valença,   a gradece a presença da mãe do Martim e da mãe  e tio da  da Bianca, do 1.ºB, pela sua participaç...